Marketing Pessoal: em tempo de quarentena, ainda é importante?

Marketing Pessoal: em tempo de quarentena, ainda é importante?

By Sandro Vidal

Diria que é mais importante até do que antes dessa pandemia. Hoje em dia tem muita gente dando fórmulas secretas de sucesso e dizendo que vai te “ajudar” no melhor estilo “amigo de todas as horas”. Nunca vi tantos especialistas em pandemias e crises, já percebeu isso? Impressionante! Sabemos que não é bem assim que a banda toca, concorda? Afinal, não existe almoço de graça. Enfim, essas pessoas, na maioria dos casos, são oportunistas; ou estão atrás do seu dinheiro ou de visibilidade. De qualquer maneira, não se iluda, ok? Para verificar quem é quem, vai algumas dicas: veja seu currículo, sua experiência profissional, atente na idade (jovem não quer dizer que não saiba, mas tem grandes chances de estar atrás do glamour da sua pseudo-fama) e analise também suas publicações: conteúdo deve ser sólido, argumentação com embasamento (fontes) e perceba se só propõe discussão ou se a pessoa também emite opinião. Enfim, num mundo em que a internet permite tudo, não se permita acreditar em tudo.

Neste contexto, podemos verificar também aquela turma que diariamente está “queimando o filme” na internet. E olha que não são poucos. A preocupação com seu Marketing Pessoal é inexistente frente a possibilidade de estar em evidência a qualquer custo. O LinkedIn é a rede preferida dessa turma; até mesmo pela própria proposta da plataforma de ser voltada para o meio profissional, corporativo, empresarial.    

Desde 1969, Philip Kotler, professor, pesquisador (MIT e Harvard) e autor norte-americano – considerado por muitos como o “Pai do Marketing”, no Journalof Marketing (edição de janeiro, Massachusetts, EUA) já conceituava o Marketing Pessoal como ações destinadas a cultivar atenção, interesse, preferência de um público-alvo em relação a uma pessoa. Por exemplo, as estratégias para obtenção de votos em campanhas eleitorais.

Passados 40 anos, em 2009, Cláudia Ritossa dizia que o Marketing Pessoal é um conjunto de ações planejadas que facilitam a obtenção de sucesso pessoal e profissional, seja para conquistar uma nova posição no mercado de trabalho, seja para manter sua posição atual. Essas ações compreendem não só a divulgação de uma melhor imagem de nós mesmos, mas também o aprimoramento de nossas deficiências e o investimento em nossas qualidades. Todas as ações são interligadas e convergem para um só produto: VOCÊ!

Bem, estamos em 2021 e em plena pandemia do COVID-19 (coronavírus), mas… 

Por que ainda devemos pensar em desenvolver um plano de Marketing Pessoal?

Acredito que nesse momento, muitos já entenderam a proposta deste artigo e a resposta da pergunta, mas é sempre bom ressaltar os inúmeros motivos para aqueles que, talvez, ainda não tenha pensado, mas que podem mudar, de fato, a sua vida para melhor; por exemplo: porque o reconhecimento e a promoção esperados por um trabalho bem executado estão cada vez mais difíceis de serem obtidos no meio profissional. Porque novas oportunidades de trabalho são geradas com um plano de Marketing Pessoal bem elaborado. Porque você está competindo com profissionais que já estão colocando em prática o plano de Marketing Pessoal deles. Porque a visibilidade pessoal é um fator fundamental para o desenvolvimento da sua carreira. E, principalmente, porque quem gerencia sua carreira é você e não a empresa para a qual você trabalha. Portanto, tome as rédeas do seu futuro.

Sem essa de: quem não sabe o que quer, qualquer coisa serve. Por favor, né? O mundo trata melhor quem se trata melhor. O Marketing Pessoal questiona desde pensamentos e atitudes, até a apresentação e a comunicação, além da ética e da capacidade de liderar, de negociar, de se auto motivar e de motivar as pessoas à sua volta. Acredite e invista em VOCÊ, afinal VOCÊ é a sua MARCA que é o seu maior PATRIMÔNIO

Leave A Reply

×